MAGODALUZ

Casa da Luz
Cursos
Agenda
Atendimentos Gratuitos
Indicador Profissional


Fraternidade Branca
Mestres Ascensionados
Implantes
Cromoterapia
Chakras
Dimensões de Consciência
Manual para Ascensão
Corpo de Luz
O Rosto do Anjo
Kryon
O Caibalion
Atlantida
Crianças Índigo
Elementais da Natureza
Crianças Cristal
Mantras
CULPA

Uma pequena palavra, mas de papel preponderante em nossas desventuras e fracassos, em todas as nossas oportunidades de vida neste plano. Ela existe na devida proporção à falta de amor, que sentimos por nós mesmos.

Ao permitirmos que a culpa se instale em nossa vida, negamos a essência divina que somos, nos colocamos na condição de vítimas e vivemos verdadeiras síndromes de autopiedade. Passamos inconscientemente, a acreditar que somos merecedores de sermos castigados. Por mais que neguemos este fato, através de nosso racional, o que a culpa nos cria é sentimento de autopiedade, de desmerecimento, de inferioridade e em alguns casos, de repulsa e dó de nós mesmos. E quando pensamos desta forma, nunca nos sentimos suficientemente bons, sentimos que não somos merecemos, que coisas boas nos aconteçam e que devemos mesmo é sofrer.

Não sendo merecedores de sermos felizes, nos tornamos auto-obsessores, e abrimos o nosso campo energético, para que os nossos irmãos trevosos e ignorantes nos peguem sem muita dificuldade, nos induzindo a fazer determinadas coisas e na tomada de determinadas decisões, que em ocasiões normais não nos aconteceria.

A culpa deve servir apenas para nos lembrar a cada instante, o quanto precisamos aprender a nos perdoar, pois só assim poderemos começar a compreender o real motivo de nossa existência. Cada um de nossos erros é o meio necessário, para que o nosso aprendizado se concretize. Enquanto não percebermos isso, a culpa reinará triunfantemente sobre cada um de nós.

Nossos erros são os nossos mestres. Assumamos cada um deles, sem nos culparmos, porquê só através do entendimento de cada um deles, se dará a reforma íntima tão necessária em nossas vidas. Enquanto alimentamos a negação de nossa essência, mantemos a nossa parte escura oculta e, a tornamos real.

Somos nossos implacáveis juizes. Nos julgamos e nos damos o veredicto de forma exemplar, a todo instante. Somos bons nisso e não vemos que dessa forma, criamos uma barreira intransponível entre nós, seres de Luz, presos dentro deste invólucro denso, e nossa essência.

Sejamos, portanto, mais flexíveis conosco, julgando-nos cada vez menos. Não queiramos ser tão perfeitos, pois, este perfeccionismo quando não compreendido, muito mais nos prejudica que nos ajuda.

Você já viu alguém tropeçar e cair para trás? Quando tropeçamos, nós caímos para frente. Assim acontece com os nossos erros, eles representam o meio para que possamos compreender, que vínhamos até então, agindo não muito corretamente, mas só agora percebemos isso, de forma que o erro apenas surge aos nossos olhos neste momento. A partir daí, o que temos a fazer é agir dentro da nossa nova forma de compreensão de vida, sem ficarmos a carregar pela eternidade, a culpa pelo que eventualmente tenhamos feito. A Lei de Causa e Efeito é infalível, não nos preocupemos por antecipação, no momento certo pagaremos pelo que fizemos, por hora apenas perdoemo-nos, peçamos perdão a quem nós envolvemos em nossas desventuras e ao Cosmos e sigamos nossa vida.

Enfim, na medida que compreendamos e aceitemos que não existe erro, pois tudo não passa de aprendizado, nossas culpas deixam finalmente de existir.

"Diga agora a si mesmo: Eu Sou Filho de Deus Perfeito, todos os atos que cometi até então, certos ou não, representam o meu aprendizado e estou, disposto a mudar agora o rumo de minha vida, se necessário for, me perdoando por tudo o que tenha feito contra mim mesmo, contra meus irmãos e contra a natureza, perdoando também a todos aqueles que de uma forma ou de outra me agrediram".

Muita Paz e Prosperidade.




Amigo (a) precisamos de sua colaboração na divulgação desse site a seus amigos.
Muito obrigado e muita Luz em sua vida!

Palermo & Amigos

Assumindo a nossa imortalidade

Construindo um Ideal  

Interior & Exterior  

Paz  

Cansaço  

Sacrifício e Sofrimento  

Recuperando nossa Mente  

Quinta Dimensão  

Religiosidade e Religião 

Pensamentos e Palavras  

Realidade ou Ilusão  

Não basta viver! 

Ambição  

Eu quero ser eu mesmo!  

Ponto de partida

Tempos de mudanças

Faça tudo diferente

Não fazer planos

Ansiedade

Agora

Reforma Comportamental

Amor

Culpa

Determinação

Merecimento

Eu sou!

Autoestima

Saber acordar

Luz e Escuridão

Nosso medo

Compromisso

O Caminho

Momento Certo

Leveza

Muitas Moradas

Não estrague seu dia

Ação e Reação

A escolha é sempre Nossa!

Reciprocidade

Vício

Paz Profunda

O Pai e o Filho na Montanha

Amar primeiro

Semeia, semeia!

Semear

Penas no caminho

Revolução da alma

Humildade para Aprender

O viajante

Você que veio das Estrelas

O que as mulheres querem?

Pastel, guaraná e Deus

Segurando um ao outro

Partida e chegada

Tem pão velho?

O homem perto da janela

O Momento é de Cura

Quem somos nós?

Autoestima 2

Seres Evoluídos

Somos dois seres  

Amor, sonho e medo

Esvaziamento de Carma

Começa a Magia

Livre Arbítrio  

Páscoa e Chocolates

Lei da Abundância 

Água  

Sofrimento & Evolução

Verdade

Carma

O velho contra o novo

Atendimento em sessões individuais em Santos.
Av. Ana Costa nº 484 - cj 1020. Santos/SP.
Tel.: (13) 3289.1230



 
Se algum link do site não abrir fale comigo pelo email - estilonet@estilonet.com.br
Estilonet